Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Sem querer, CNN argumenta contra a ideologia de gênero que ela própria defende

Tiro no pé não passou incólume pela observação e reação dos internautas.
A rede de notícias norte-americana CNN lançou uma campanha na qual, involuntariamente, argumenta contra as falácias da ideologia de gênero que ela mesma propaga em sua linha editorial.
O vídeo foi criado para criticar a difusão de notícias falsas com finalidades ideológicas, as chamadas “fake news”, embora a própria CNN seja frequentemente acusada de enviesar os fatos e manipulá-los em favor da visão de mundo que procura promover, ligada à assim chamada “agenda esquerdista“.
Em sua conta no Twitter, a rede postou um vídeo que apresenta uma maçã e comenta:
“Alguns tentarão dizer que isto é uma banana. Eles poderão gritar ‘banana, banana, banana’ várias vezes e você até poderia começar a acreditar que é uma banana. Mas não é. Isto é uma maçã. A verdade primeiro”.
Confira o vídeo original em espanhol, repostado pelo canal Senza Pagare no YouTube:


O que a emissora não esperava era que vários usuários da rede social rapidamente relacionassem o vídeo com as teses subjetivistas da ideologia de gênero.
Confira algumas das respostas que destacaram o tiro no pé da CNN, seguidas de impressões de página diretamente da conta da emissora no Twitter:
“E se a maçã nasceu se sentindo uma banana, é necessário compreendê-la e integrá-la. E quem a chamar de maçã deverá ser apontado com o dedo na cara e condenado socialmente”.
“É a mesma coisa que a ideologia de gênero. Podem fazer cirurgias, tirar ou colocar glândulas ou tecido cavernoso, mas continuarão sendo os mesmos”.
“Exato. E quem diz que a maçã é maçã não é discriminador, por mais que os bananeiros formem lobbies. Maçã é maçã”.
“Acabo de ver a opinião da CNN sobre a ‘identidade de gênero’ com o simples exemplo de uma maçã! A verdade primeiro”.


Publicado em Aleteia
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.