Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Administrador da seita Tabernáculo Vitória terá que explicar ausência de crianças à escola em Ecoporanga


Nesta segunda-feira, o administrador da seita Tabernáculo Vitória deverá se apresentar ao Conselho Tutelar de Ecoporanga para esclarecer a situação de três crianças seguidoras da seita, que não estariam mais freqüentando as aulas na escola Daniel Comboni há cerca de um mês, período em que os fiéis iniciaram a construção de uma espécie de filial da seita, no norte do Estado.

De acordo com o diretor do Conselho Tutelar, José Maria da Silva, o administrador do Tabernáculo em Ecoporanga, identificado apenas como Israel, não chegou a ser intimado, mas deve comparecer à entidade para apresentar os devidos esclarecimentos. O diretor acrescentou ainda que a investigação sobre a ausência das crianças continua. Integrantes da seita teriam informado que, dentro da proposta da estrutura que está sendo construída em Ecoporanga, também há a previsão de construção de uma escola.

Denúncia

As três crianças que não estariam indo à escola são de uma mesma família e abandonaram as aulas assim que foram morar com os pais na fazenda da seita Tabernáculo Vitória, em Ecoporanga. Eles são filhos de uma das cozinheiras da comunidade. A denúncia de evasão escolar partiu do próprio supervisor da unidade de ensino.

Documentos

A administração da seita Tabernáculo Vitória tem até a próxima quarta-feira (03) para apresentar documentos de 68 crianças e adolescentes à Justiça. O juiz da Vara da Infância e Juventude de Vitória, Paulo Roberto Luppi, quer que o presidente da Tabernáculo, pastor Inereu Vieira Lopes, apresente certidões de nascimento de todos eles.

Além disso, o magistrado quer que os pais dessas crianças e adolescentes compareçam à Vara da Infância e Juventude de Vitória para comprovar a freqüência escolar deles e o controle de saúde. Na última segunda-feira (24), 52 mães compareceram à Vara da Infância e Juventude de Vitória. Ao todo 152 menores de idade vivem na comunidade.

Gazeta On Line

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.