Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Briga entre líderes evangélicos midiáticos é obra do diabo, diz um deles

O Ministério Público de São Paulo passou a investigar a origem dos recursos do fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo Valdomiro Santos, para a aquisição de fazenda no Mato Grosso.
Reportagem divulgada no programa Domingo Espetacular, da Rede Record, do bispo Edir Macedo, acusou Santiago de ter adquirido em nome da igreja a propriedade estimada em 30 milhões de reais (cerca de 15 milhões de dólares). A matéria plantou a suposição de que a compra do imóvel pela igreja teria como objetivo fraudar o recolhimento de impostos.
O apóstolo Valdomiro é dissidente da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). A briga entre o bispo e o apóstolo é midiática. Em programa da Igreja Mundial do Poder de Deus, na Rede TV!, o apóstolo criticou o dinheiro do dízimo e de ofertas de fiéis da Universal que seria repassado à TV Record para pagar salários de funcionários.
Santiago desafiou o bispo Macedo dando um recado através do repórter que trabalhou a matéria no Domingo Espetacular:
- Chama o seu patrão e coloca ele comigo na entrevista, aí pede para ele levaras contas abertas e eu levo as minhas, porque eu não tenho contas lá fora.
Santiago insinuou que o bispo Macedo tem contas em paraísos fiscais. Ele acredita que essa briga é obra do diabo, que “quer colocar um contra o outro”, porque “Satanás quer destruir não só o Valdemiro Santiago, mas também o bispo Edir Macedo”.
Em culto transmitido pela TV Mundial, Santiago disse que jamais imaginou que uma briga dessas poderia acontecer algum dia. “Se o senhor (bispo Macedo) quer me maltratar, usar a Record, pode usar, mas eu vou orar por sua vida, por seus pastores”, disse.
A Igreja Mundial do Poder de Deus é a que compra, hoje, o maior espaço de tempo de programação em televisões abertas e tem tirado fiéis da Universal.

Notícias Cristãs com informações da ALC

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.