Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Campos fala sobre bancada evangélica querer barrar kit gay

Há um ano a presidenta Dilma Rousseff colocou fim no projeto chamado de kit anti-homofobia que seria distribuído pelas escolas públicas em todo o Brasil. Como um dos opositores ao material, o deputado federal João Campos concedeu entrevista ao portal Terra esclarecendo os motivos que fizeram com que a Bancada Evangélica, da qual é presidente, se colocasse contra o kit do Ministério da Educação.
Campos, assim como outros parlamentares, é contra o projeto por acreditar que ele incentivaria o homossexualismo no lugar de tratar sobre o preconceito. “Essa questão de orientação sexual é algo que diz respeito à vida privada, não à escola. Quem faz a opção, a gente respeita, mas agora o poder público financiar um programa que vai estimular os adolescentes a serem homossexuais é errado”, disse.
Na época que os parlamentares mais conservadores decidiram agir contra a entrega do chamado “kit gay” a situação do então ministro-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci, estava bastante complicada, já que ele era investigado por enriquecimento ilícito, mas João Campos nega ter usado o caso como “moeda de troca” para barrar a entrega do material que continha cartilhas e vídeos.
“A questão do Pallocci não era necessariamente cancelar o kit, mas forçar a presidente a nos receber, nos ouvir, já que buscávamos falar com ela há algum tempo a respeito desse assunto. Na medida em que nos posicionamos, Dilma então recomendou ao ministro Gilberto Carvalho que nos recebesse em nome dela”, afirmou. Depois de toda a pressão, o ministro resolveu anunciar, no dia 25 de maio de 2011, que o projeto fora vetado pela presidenta. Mas mesmo contente com a “vitória”, Campos não acredita que o assunto homofobia precisa deixar de ser tratado nas escolas.
“Até pode [ser discutido nas escolas], mas discordamos daquele material, cujo conteúdo, ao invés de prevenir a homofobia, fazia apologia ao homossexualismo, no sentido de incentivar o jovem a fazer opção por essa orientação sexual”.

Notícias Cristãs com informações do PB Agora

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.