Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Irão 'revela' evangelho sobre o fim do Cristianismo

Texto de agência iraniana afirma que, segundo obra do século V, Cristo nunca foi crucificado.
Um texto, possivelmente elaborado no século V, anuncia o fim do Cristianismo, afirma o texto de uma agência iraniana.
Escrito em pele de animal, o texto é considerado uma versão autêntica do Evangelho de Barnabé, companheiro de viagens do apóstolo Paulo, originalmente escrito no século V e que desde sempre tem conhecido popularidade entre os muçulmanos. Existem várias versões do texto, algumas elaboradas nos séculos XIII e XIV.
O texto foi encontrado em 2000 numa operação policial contra uma rede que se dedicava ao contrabando de objectos antigos provenientes do Médio Oriente.
Segundo o texto da agência Basij, ligada aos Guardas da Revolução - a elite político-militar do regime iraniano -, esta versão do Evangelho de Barnabé é escrita em síriaco, um dialeto aramaico, e nela se afirma que o Cristo nunca foi crucificado e ele próprio previu a vinda de Maomé.
O interesse por esta versão, que se encontra à guarda das autoridades turcas, aumentou ao saber-se que o Vaticano pedira para que seus especialistas consultassem o texto. Não é conhecido o teor da resposta de Ancara.

Notícias Cristãs com informações do DN

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.