Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pastor é condenado a pagar R$1,5 mil por chamar mulher de filha do diabo

A Justiça de Santa Catarina condenou um pastor de igreja pentecostal ao pagamento de indenização de R$ 1,5 mil por danos morais a uma vizinha do templo, a quem ele chamou de “filha do diabo”. Segundo o Tribunal de Justiça do estado, as ofensas foram feitas na hora do culto, quando a mulher conversava no portão de sua casa com a filha e o namorado dela. O pastor ainda disse que a vizinha precisava “se tratar com Deus”.
O líder religioso alegou “legítima defesa da igreja e da própria fé que professa”. Disse, também, que a mulher sempre debochava dos frequentadores da igreja, mas não houve testemunha que confirmasse esse comportamento.
A sentença de 1º grau arbitrou a indenização em R$ 1,5 mil. Em apelação ao TJ, o pastor alegou “legítima defesa da igreja e da própria fé que professa” para justificar os impropérios. Disse que a moça costumeiramente debochava dos frequentadores da igreja e que sua atitude foi, em verdade, de defesa contra tais ataques. Nos autos, entretanto, nenhuma testemunha confirmou esse comportamento da vizinha da igreja.
“Tem-se que o réu (…), por ação voluntária, violou o direito de crença da autora, causando-lhe ofensa, por discriminação e por falta de solidariedade e fraternidade ao seu patrimônio ético. Por isso, tem o dever de indenizar a autora”, definiu o desembargador Monteiro Rocha, relator da matéria. A decisão, que manteve integralmente a sentença, foi unânime.

Notícias Cristãs com informações do TJSC

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.