Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pessoas casadas são mais felizes que as solteiras, aponta estudo

Efeito não é imediato, e diferença só é percebida a longo prazo.
Casamento, na verdade, impede a pessoa de se tornar mais triste. Um novo estudo científico afirma que as pessoas casadas são mais felizes do que as solteiras. A pesquisa conduzida por especialistas em psicologia da Universidade do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, e foi publicada online pela revista científica “Journal of Research in Personality”.
Não se trata de uma fórmula mágica que muda tudo da noite para o dia. Juntar as escovas de dente não faz ninguém mais feliz do que era antes. Segundo os pesquisadores, o casamento é um investimento em longo prazo, quando o assunto é a felicidade. Ao longo da vida adulta, é normal que as pessoas se tornem um pouco mais tristes, e a relação a dois é um fator de proteção contra isso. Os dados médios mostram que, entre pessoas com a mesma faixa etária, os solteiros se tornam gradativamente mais tristes, enquanto o nível de felicidade dos casados se mantém.
“Nosso estudo sugere que, em média, as pessoas são mais felizes do que elas seriam caso não tivessem se casado”, explicou Stevie Yap, um dos autores do estudo.
Na mesma pesquisa, os pesquisadores apontaram também que traços da personalidade – se uma pessoa é mais centrada ou mais nervosa, por exemplo – não têm influência na maneira como cada um reage a um momento determinante em sua vida – como o próprio casamento.
“Pesquisas anteriores sugeriam que a personalidade seria importante para determinar com as pessoas reagem a eventos importantes na vida, mas descobrimos que não há efeitos consistentes da personalidade sobre a reação e a adaptação a esses eventos importantes”, contou Yap.

Notícias Cristãs com informações do G1

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.