Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pastor evangélico é condenado a 27 anos por abuso de criança

O pastor evangélico Josuel Gonçalves de Sousa, de 45 anos, acusado de abuso sexual contra um garoto de 8 anos, foi condenado 27 anos, sete meses e quinze dias de reclusão, em regime inicialmente fechado.
De acordo com o Tribunal de Justiça do Distrito Federal, não foi concedido ao réu o direito de recorrer em liberdade. Segundo o juiz da 3ª Vara Criminal de Brasília, o pastor exercia uma "posição de destaque" que "facilitava o contato com crianças e adolescentes".
Na sentença, o magistrado justificou a manutenção da prisão do condenado como forma de "garantir a ordem pública, sobretudo pela gravidade dos crimes". Para o juiz, a periculosidade do pastor e a natureza dos atos praticados recomendaram que não fosse concedida a liberdade ao réu.
Josuel atuava na Igreja Batista Pentecostal Jeová Jireh, em Vicente Pires. Ele foi preso após agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) o investigarem por cerca de 120 dias.

Notícias Cristãs com informações do Terra e do Correio Braziliense

Um comentário:

  1. Quando um padre é preso, é chamada de falso padre.

    quando um pai de santo é preso, é chamado de falso pai de santo.

    Agora, qdo um falso pastor é preso, é chamado de Pastor. É mole?!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.