Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Pastor que prometia curar doenças é indiciado por curandeirismo, no AM

Ele e outro pastor ainda deverão responder por estelionato e charlatanismo.
Fiéis tentaram linchar os religiosos durante confusão na igreja, no sábado.
Dois pastores, um de 32 e outro de 49, foram indiciados por estelionato, charlatanismo e curandeirismo após fiéis tentarem linchá-los durante confusão na sede da igreja, na Vila Marinho, Compensa, Zona Oeste de Manaus. O caso foi registrado no sábado (4).
Segundo informações da delegada plantonista do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Fernanda Antonucci, durante toda a semana fiéis realizaram denúncias contra um dos pastores, que durante os cultos prometia curar doenças e até mesmo retirar insetos do corpo dos fiéis. "Muitos chegaram a parar os tratamentos médicos e outros até morreram por acreditarem que ele poderia curá-los", disse a delegada.
No sábado, policiais da 8º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados sobre uma confusão na igreja. Os fiéis tentavam linchar um dos pastores, de 49 anos, que prometia curas milagrosas. O suspeito e outro pastor foram detidos para prestar esclarecimentos.
Em depoimento, de acordo com a polícia, o pastor reafirmou fazer curas milagrosas e disse ter o poder de transformar e dar forma a objetos. Sobre denúncias de pagamento pelas supostas curas, ainda segundo a polícia, ele disse que "era apenas uma sugestão e ninguém era obrigado a entregar envelopes de dinheiro".
Ele informou também que passou a participar dos cultos após o convite do outro pastor da igreja, e que eles já se conheciam de outros estados. Os dois pastores da igreja foram indiciados por curandeirismo, estelionato, e charlatanismo, e deverão responder pelos crimes em liberdade.

G1

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.