Header Ads

ATUALIZADAS
recent

China prende quase mil integrantes de seita que prega o fim do mundo

Membros do grupo foram investigados e detidos em diversas regiões do país.
Quase mil integrantes da seita "Deus Todo-poderoso", que prega o fim do mundo em 21 de dezembro em coincidência com a suposta profecia maia, foram detidos em várias províncias chinesas.
Além das 400 detenções anunciadas na terça-feira pelas autoridades da província de Qinghai (noroeste), 357 membros da seita foram investigados e detidos na província pobre de Guizhou (sudoeste).
Outros 27 membros da seita foram detidos na cidade de Foshan, perto de Cantão (sul). Em Wuxi foram registradas dezenas de detenções, assim como na Mongólia Interior (norte), em Jiangxi e Fujian (sudeste) e em Xinjiang (noroeste).
O grupo "Deus Todo-poderoso", fundado no início dos anos 1990 na província central de Henan, foi incluído na lista de seitas proibidas em 1995 e seu fundador, Zhao Weishan, fugiu para os Estados Unidos.
A seita também fez um pedido a seus membros para derrubar o Partido Comunista chinês, a quem chama de "grande dragão vermelho", e promete aos seus fiéis uma nova era dirigida por um Cristo feminino.
As ideias de apocalipse aumentaram na China depois do sucesso do filme "2012", em parte inspirado pela suposta profecia vinculada ao fim do mundo pelo calendário maia.

AFP via ZH

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.