Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pastor e menor simulam sequestro para tentar esconder relacionamento

Jovem de 15 anos estava desaparecida desde sexta-feira, em São Carlos.
Homem de 33 anos procurou família afirmando ter visão de onde ela estava.
Um pastor de 39 anos e uma adolescente de 15 anos são suspeitos de simular sequestro para esconder um suposto relacionamento entre eles, em São Carlos (SP). A jovem estava desaparecida desde sexta-feira (21) e, como a mãe registrou queixa na polícia, eles resolveram inventar a farsa, mas acabaram confessando na noite de segunda-feira (24).
De acordo com a Polícia Civil, a menor saiu de casa na sexta, por volta das 15h30 quando a mãe trabalhava. Ela chegou a mandar mensagens de texto dizendo para a mãe não envolver a polícia. Dias antes, a família teria recebido a visita de um pastor de uma igreja evangélica.
A adolescente fugiu com o homem para Catanduva, na região de Ribeirão Preto e, como a mãe procurou a polícia, eles decidiram simular o sequestro. Eles voltaram para São Carlos na segunda e a adolescente foi deixada em um canavial, próximo a um condomínio. O pastor procurou os pais para dizer que teve uma visão de onde ela estaria.

'A gente não espera que um pastor faça isso', diz mãe de adolescente
Ao chegar ao local, os pais encontraram a jovem amarrada e desconfiaram que o pastor tinha participação no sequestro. A polícia foi chamada e os dois assumiram que se tratava de uma armação e que eles estavam namorando.
Em depoimento, a jovem disse que mantinha relações sexuais com o pastor por vontade própria. Ela passou por exames do Instituto Médico Legal (IML) e os dois foram liberados.
O caso agora será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). O boletim de ocorrência foi registrado como encontro de pessoa e subtração de incapaz. A policia vai investigar se houve abuso sexual e se a adolescente está sendo coagida.
A lei de 2009 considera crime de ‘estupro de vulnerável’ quando o ato sexual é com menores de 14 anos.

G1

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.