Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Bispo de Jacarezinho suspende padre acusado de se masturbar em frente a adolescente

O bispo da Diocese de Jacarezinho (144 km de Londrina), dom Antonio Braz Benevente, publicou no final da tarde desta quinta-feira (3) um Decreto Cautelar, suspendendo por tempo indeterminado de suas funções, o padre Reginaldo Antonio Ghergolet, 37 anos. Ele foi preso em flagrante na quarta-feira (2) acusado de ter se masturbado em frente a uma adolescente de 13 anos em Ribeirão do Pinhal (107 km de Londrina).
Ghergolet pagou uma fiança de quatro salários mínimos (R$ 2.714,00) e foi solto, respondendo em liberdade pelo crime 218 - A do Código Penal Brasileito - praticar, na presença de menores de 14 anos, conjunção carnal ou ato libidinoso.
Segundo o inquérito policial, ele teria abordado, de dentro do carro, uma garota de 13 anos que caminhada por uma rua em Ribeirão do Pinhal, pedindo informações sobre onde ficava o hospital da cidade. Ao se aproximar do carro, percebeu que ele estava com a bermuda abaixada e com a mão no pênis, masturbando-se. A menina gritou e começou a xingá-lo, que fugiu rapidamente. Porém, um policial militar presenciou a ação e repassou os detalhes para a polícia que repassou as informações para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que abordou o religioso na BR-153, quando passava por Santo Antônio da Platina (130 km de Londrina).
No Decreto Cautelar, publicado no site da Diocese de Jacarezinho, dom Antonio Braz Benevente informa que ao consultar o Conselho Episcopal e o presidente do Tribunal Eclesiástico de Londrina, decretou que o padre Reginaldo Antonio Ghergolet fica suspenso do uso de ordens "ad cautelam" por tempo indeterminado, dentro e fora dos limites da diocese, conforme as orientações da Igreja expressas no Código de Direito Canônico e demais documentos da Congregação para a Doutrina da Fé.
E que o ônus referente à defesa do padre na Justiça Civil fica sobre a responsabilidade do acusado. Com relação à vítima, a Diocese se compromete a oferecer o apoio psicológico e se coloca à disposição do conselho tutelar que está cuidando deste caso.
A seguir, a íntegra do documento publicado.

"DECRETO CAUTELAR
Diante dos fatos envolvendo a pessoa do Padre Reginaldo Antonio Ghergolet, tendo consultado o Conselho Episcopal bem como o presidente do Tribunal Eclesiástico de Londrina, venho por meio deste, decretar o seguinte:
1. Fica, o citado padre, de acordo com as orientações da Igreja, expressas no Código de Direito Canônico e demais documentos da Congregação para a Doutrina da Fé, suspenso do uso de ordens "ad cautelam", por tempo indeterminado, dentro e fora dos limites da diocese, até ulteriores ordens da competente autoridade.2. Fica sob a responsabilidade do referido padre, o ônus referente à sua defesa no âmbito da justiça civil.3. A diocese compromete-se a oferecer o apoio psicológico à vítima, e coloca-se à disposição do conselho tutelar envolvido.Cumpra-se, a partir da presente data este nosso decreto.
Jacarezinho, 03 de janeiro de 2013.
Dom Antonio Braz BeneventeBispo Diocesano de Jacarezinho"
Diário de Londrina

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.