Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Homem mata a ex em igreja evangélica e depois é morto

Um homem interrompeu culto evangélico da Igreja Universal do Reino de Deus para matar a ex-mulher, em Vila Isabel, Zona Norte, por volta das 18h deste domingo. Após ser abordado por policiais militares que patrulhavam a região, ele esfaqueou a vítima e tentou tirar a arma de um PM, que reagiu e deu um tiro na cabeça do criminoso, que também morreu no local.
De acordo com informações de testemunhas, o assassino, identificado como José Lúcio dos Santos, chegou ao local gritando e xingando a ex-mulher, Marisa dos Navengantes Chagas dos Santos.
Os dois discutiram e foram contidos por fiéis. Enquanto uns apaziguavam os ânimos, outros acionaram policiais do 6º BPM (Tijuca) que passavam pela Boulevard 28 de Setembro.
Ainda segundo relatos, ao ser abordado pelos policiais, o assassino abraçou a vítima e negou estar portando arma de fogo. Bruscamente, ele puxou uma faca e começou a atingir a nuca dela, que caiu.
Neste momento, ele teria partido para cima de um policial para tentar tomar a arma do militar. O PM foi mais rápido e reagiu, dando um tiro na cabeça do homicida.
Pessoas que conheciam a mulher disseram que ela frequentava a igreja em Vila Isabel e havia vivido com o assassino no bairro Riachuelo, também na Zona Norte. O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca) e será investigado pela Divisão de Homicídios (DH).
O crime deixou assustados todos aqueles que estavam na igreja ou que passavam pela rua. Tremendo, muitos deixaram o local chorando. No início da noite, policiais tentavam localizar parentes do antigo casal.

O Dia

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.