Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Encontro explica posição evangélica sobre aborto

Jurista diz que a vida é o principal bem do Direito e que se ela não há liberdade civil fundamental.
Durante a realização do 1º Encontro Nacional de Juristas Evangélicos (Enajure), evento promovido dentro da 15ª edição do Encontro para a Consciência Cristã, Uziel Santana, presidente da Enajure, explicou durante a conferência realizada na manhã de ontem, no Centro de Convenções Raimundo Asfora, em Campina Grande, os motivos do posicionamento contrário da comunidade cristã evangélica às questões relacionadas ao aborto. Segundo o jurista, a vida é o principal bem do Direito e sem ela não há como cultivar as liberdades civis fundamentais.
Pelo que apontou Uziel Santana, a contrariedade acerca de temas como injustiça social, corrupção, violência contra as crianças, além do aborto, estão inseridas no âmbito das proposições legislativas em defesa da vida, da família e da liberdade religiosa no Brasil. Ele destacou que estes são temas que não estão relacionados apenas às discussões entre os evangélicos e que toda sociedade deve dar sua parcela de contribuição para que haja um entendimento melhor e a valorização da vida.
“Como cristãos somos contra o aborto porque ele é um assassinato do feto. Entendemos que o feto não tem direito de defesa e, portanto, isso é assassinato. Está é uma posição fechada nossa, mas este é um tema que toda a sociedade precisa apreciar, porque a vida é o principal bem do direito”, destacou o presidente do Encontro Nacional de Juristas Evangélicos que, pela primeira vez, está sendo realizado em Campina Grande.
O jurista ainda apontou que, dentro do tema principal do encontro, as liberdades civis fundamentais também estão assuntos relacionados às violações à dignidade infanto-juvenil, autorizando o abuso e a corrupção e crianças e adolescentes, além da reforma técnica do Código Penal brasileiro. Segundo o presidente da Enajure, a sociedade precisa se unir contra a injustiça social, a corrupção e os problemas sociais. “Essas discussões não se encerram aqui. Elas serão prolongadas em outros momentos durante o ano”, destacou Uziel Santana.

Jornal da Paraiba

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.