Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Após tentar estuprar mãe e filha, homem invade igreja pelado

As vítimas conseguiram escapar do rapaz, atravessaram a rua e buscaram abrigo em uma igreja evangélica.
A Polícia Militar de Itapuí, interior de São Paulo, prendeu na noite de domingo Fernando Aparecido de Souza, 23 anos, acusado de tentar estuprar uma menina de 11 anos e a mãe dela. Ambas estavam sozinhas em casa quando foram surpreendidas pelo homem. As vítimas conseguiram escapar do rapaz, atravessaram a rua e buscaram abrigo em uma igreja evangélica que fica próxima à residência, mas o rapaz perseguiu mãe e filha e entrou na igreja nu.
De acordo com o delegado Tiago José dos Santos Húngaro, algumas pessoas que acompanhavam o culto evangélico tentaram segurar o suspeito, que conseguiu escapar. Em seguida, ele foi detido pelos policiais militares próximo da igreja.
"Ele bateu palma no portão, foi atendido pela menina de 11 anos e pediu um copo d'água. Quando ela voltou com a água, ele invadiu a residência derrubando o portão e a menina correu para dentro de casa, onde estava a mãe que tomava banho", conta o delegado. As vítimas relataram que o rapaz já foi tirando a roupa e ficando nu. Ele teria tentado agarrar a menina, que conseguiu fugir e saiu correndo com a mãe em direção à igreja.
"O rapaz, mesmo sem roupa, perseguiu as vítimas até a igreja, que estava lotada no momento", disse Húngaro. Após ser detido, o suspeito disse que estava arrependido e reconheceu que as roupas deixadas na casa das vítimas pertenciam a ele.
Souza foi conduzido para a cadeia da cidade de Barra Bonita, distante 45 quilômetros de Itapuí, onde passou a noite numa cela destinada a suspeitos de crime sexual, isolado dos demais presos. O rapaz vai responder por tentativa de estupro.

Terra

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.