Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Convertida, Perlla lança álbum gospel e diz que era muito doida

"A Perlla antiga era muito doida, fazia coisas que não agradavam aos olhos de Deus", disse a cantora.
A cantora Perlla, que chegou a ser considerada a "rainha do funk melody" carioca, agora se prepara para lançar seu primeiro álbum gospel intitulado "Minha Vida Mudou".
"Achei que não fosse cantar mais, não queria mais cantar. Estava feliz cuidando da minha casa, do meu marido, da minha filha", contou Perlla em conversa ao portal “UOL”. Os responsáveis por fazerem a artista mudar de ideia foram seu marido, o músico Cassio Castilhol, e Silas, o pastor da igreja que frequenta em Vilar dos Teles, baixada fluminense do Rio. "Em um mês o CD estava pronto. Nosso querer não é o querer de Deus", explicou.
"A Perlla antiga era muito doida, fazia coisas que não agradavam aos olhos de Deus. Bebia, fumava, tinha um comportamento que não condizia com a pessoa que nasceu em um berço evangélico", ressaltou ela. A fama e o sucesso, segundo Perlla, não a preenchiam. "Passei por muita tristeza e infelicidade", contou a cantora.

A Crítica

Um comentário:

  1. Tem uma música (?!) 'secular' que ela gravou que o nome é 'Eu tô em outra'.

    Minha esperança é que ela esteja realmente 'em outra'...
    Porque (aqui pra nós)... Ah, musiquinha besta!

    E que seja 'em outra' mesmo! Em 'outra' que não seja religiosa. Pois beber e fumar são práticas que prejudicam a nossa saúde e por isso não são agradáveis ao Pai.

    Que pai fica feliz sabendo que um filho está prejudicando a própria saúde?

    Se raciocinássemos assim, com base em nossos vícios, não haveria um só convertido obeso no mundo, uma vez que a gula não agrada a Deus, pela mesma razão de se estar prejudicando a própria saúde, pondo em risco a preciosa vida.

    Precisamos ter cuidado também com a nossa saúde mental (psíquica, emocional) para não cometermos o equívoco de achar que nascer em berço evangélico seja sinônimo de discípulo de Jesus e de 'salvo'.

    Regras e doutrinas religiosas não são parâmetros de mudança de vida com Jesus e muito menos de salvação.

    Fiquemos atentos ao Evangelho, desnudos de 'crentices' religiosas. E repensemos nossos conceitos e valores diante da perspectiva de Deus. E não de doutrinas e práticas denominacionais.

    Não podemos confundir fé com pacote doutrinário.

    Bora combinar, se vício fosse parâmetro, não haveria um único convertido no mundo...

    ResponderExcluir

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.