Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Via Sacra em Jerusalém é marcada pela prisão de um cristão palestino

Placa que marca o início da Via Dolorosa, rua na cidade velha de Jerusalém, onde, de acordo com a tradição cristã, Jesus Cristo carregou sua cruz.
Lisboa – Pelo menos um palestino foi detido hoje depois de confrontos entre policiais israelenses e um grupo de cristãos palestinos na entrada do Santo Sepulcro durante a procissão da Sexta-feira Santa, em Jerusalém, informa a agência espanhola Efe.
Os incidentes aconteceram na praça que dá acesso à Basílica do Santo Sepulcro, muito próxima da nona estação da Via Sacra, quando um grupo de palestinos de uma congregação, descrita como o Patriarcado Latino de Jerusalém, aguardava para entrar no santuário.
Nesta altura, cerca de uma dezena de policiais israelitas formava um cordão de segurança para controlar a entrada na Basílica dos diferentes grupos que integravam a procissão. Segundo a agência Efe, depois de cerca de dez minutos de espera, os ânimos exaltaram-se entre os membros da congregação, o que desencadeou o confronto entre os palestinos e a polícia.
Os confrontos transformaram-se em empurrões e agressões a soco entre palestinos e agentes da autoridade israelitas, tensão que só diminuiu depois da intervenção dos líderes dos grupos religiosos palestinos, que acalmaram os ânimos e permitiram que entrassem na Basílica. Na sequência destes confrontos, a polícia israelita prendeu pelo menos uma das pessoas do grupo, constatou a Efe.
A procissão começou pouco depois do meio-dia, na parte inferior da cidade velha de Jerusalém, liderada por duas grandes cruzes de madeira de oliveira. Os milhares de peregrinos que acompanham a procissão fazem, segundo a tradição cristã, o caminho que Jesus fez até ao local da sua crucificação. Antes das festividades de comemoração da ressurreição de Cristo, no domingo de Páscoa, os fiéis de todo o mundo lembram a morte de Jesus na sexta-feira.
Na procissão estiveram grupos dos mais variados países, desde a Espanha, India, Sri Lanka ou Filipinas, que fizeram o caminho até à Basílica do Santo Sepulcro, ao mesmo tempo que milhares de policiais faziam o policiamento dentro e à volta da cidade velha.
Estes reforços foram enviados para proteger os peregrinos de eventuais manifestações de palestinos durante as orações de sexta-feira no Monte do Templo, na véspera do "Dia da Terra", disse um porta-voz da polícia à agência de notícias France Press. O "Dia da Terra" ("Youm al-Ard", em árabe) assinala a morte de seis árabes israelitas contra a expropriação de terras por Israel, a 30 de março de 1976.
Muitos judeus estavam também presentes na cidade velha de Jerusalém por ocasião da celebração do Pessach, a Páscoa judaica, que assinala a fuga dos judeus do Egito, segundo a tradição bíblica, e continuará até o início na próxima semana.
Os cristãos representavam mais de 18% da população da Terra Santa durante a criação do Estado de Israel em 1948, mas agora são menos de 2%, na sua maioria ortodoxos, que celebram a Páscoa a 5 de maio.
A Via Sacra está situada no setor oriental de Jerusalém, de maioria árabe e anexada por Israel em junho de 1967.

Lusa via EBC

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.