Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Papa critica "bandidos que usam religião como negócio"

O papa Francisco denunciou que atualmente existem na comunidade cristã muitas pessoas que não têm fé, "ladrões e bandidos que usam a religião como um negócio", e advertiu que para entrar no Reino de Deus "a única porta é Jesus".
O Pontífice fez estas declarações na missa que celebrou nesta segunda-feira na capela da Casa Santa Marta, onde está morando. Em sua homilia, afirmou que "a única porta para entrar no Reino de Deus, para entrar na Igreja" é Jesus, e que quem não entra por essa porta "é um ladrão ou um bandido, é alguém que quer tirar proveito em benefício próprio".
"Também na comunidade cristã há arrivistas. Fingem que fazem parte mas são ladrões e bandidos, já que roubam a glória a Jesus, buscam sua própria glória. Para eles, como os fariseus, a religião é um negócio", afirmou.
Francisco disse que essa não é a porta autêntica para entrar no Reino do Céu e que os verdadeiros cristãos devem ser "humildes, pobres, justos, mansos, ou seja, seguir as bem-aventuranças".
"Há muitos caminhos, talvez mais vantajosos, para chegar, mas são enganosos, não são verdadeiros, são falsos. O único caminho é Jesus", afirmou o Papa. "Mas alguns dirão, Pai, o senhor é fundamentalista! Não, simplesmente Jesus disse isso: 'eu sou a porta, eu sou o caminho que dá a vida'. Só isso", afirmou Francisco.
O Papa criticou que muitas vezes os homens têm a tentação de ser "donos deles mesmos e não ser humildes filhos e servos do Senhor", e que também tentam entrar no Céu "por outras portas ou outras janelas".
"Não busquem outras portas que parecem mais fáceis, confortáveis. Chamem sempre a de Jesus. Ele jamais desilude, jamais engana. Jesus não é um ladrão, não é um bandido. Deu sua vida por nós e cada um de nós devemos pedir por favor que nos abra, que nos deixe entrar", manifestou.
Desde que foi eleito Papa, o argentino Jorge Mario Bergoglio celebra todos os dias uma missa na capela da Casa Santa Marta, que é acompanhada, entre outros, por cardeais, bispos, membros da Cúria Romana, funcionários do Governatorato (ente que governa o Estado da Cidade do Vaticano) e convidados.

EFE via Terra

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.