Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Pastor José Wellington é reeleito para seguir à frente da Assembleia de Deus

A Assembléia de Deus foi fundada em 1911, em Belém, e seu ramo principal, que será administrado por José Wellington, conta hoje com quase 12 milhões de fiéis.
O pastor José Wellington foi reeleito para continuar à frente da Assembleia de Deus: a maior congregação evangélica do país.
Depois da eleição, hora de botar as malas no bagageiro e partir. Boa parte dos pastores que foram à Brasília, para o encontro da Assembléia de Deus, se preparava para ir embora na manhã de sexta-feira (12). A maioria iria encarar horas de estrada.
Um grupo de pastores baianos preferiu se despedir de Brasília na tranquilidade de uma boa música. Segundo a organização, 24 mil pastores de todo o Brasil estavam credenciados para eleger o novo presidente da Assembléia de Deus.
A maioria escolheu o pastor José Wellington, que está a 22 anos no comando da igreja, e foi reeleito com 9.003 votos. O pastor Samuel Câmara, que também disputava o cargo, recebeu 7.407 votos.
Quem ficou em Brasília, foi assistir à posse do presidente da diretoria, eleito na quinta-feira (11), e que vai administrar a Assembléia de Deus pelos próximos quatro anos.
A Assembléia de Deus foi fundada em 1911, em Belém, e seu ramo principal, que será administrado por José Wellington, conta hoje com quase 12 milhões de fiéis. É a maior denominação evangélica do país. Os números são do Censo de 2010 do IBGE.
Durante a posse, a nova direção da Assembléia de Deus leu um documento, a "Carta de Brasília", com críticas contra o que chamaram de iniciativas de movimentos liberalistas da sociedade. E se posicionou contrária à descriminalização do aborto, à legalização da prostituição e à união estável entre pessoas do mesmo sexo.
No fim, ainda rouco por causa da comemoração pela vitória, o pastor José Wellington disse que a igreja saiu fortalecida da eleição.
“Fortalecida em todos os sentidos. Não só como igreja, a religiosa, mas também no próprio momento político. Nós estamos mais unidos, mais fortes e dispostos a continuar vencendo”, disse o pastor José Wellington.

Jornal Nacional

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.