Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Igrejas lançam campanha contra a corrupção

Líderes de mais de 30 denominações e organizações evangélicas participaram na sexta-feira, 16, do lançamento da campanha mundial contra a corrupção “Al Descoberto”. A campanha procura sensibilizar e comprometer cristãos e cristãs com o propósito de empreenderem esforços pastorais e de incidência contra a cultura e os atos de corrupção.
Os líderes se comprometeram a desenvolver ações de sensibilização em congregações e ministérios, e de participar nas ações da campanha que contempla a coleta de assinaturas para emitir um Chamado aos Governantes agrupados na coligação do G-20. O documento pretende demandar deles medidas concretas para pôr fim à corrupção. Também promoverão ações de oração e reflexão em torno do papel profético da Igreja frente à corrupção.
No lançamento, o presidente do Conselho Nacional Evangélico (Conep), pastor Enrique Alva, e a diretora executiva da União Nacional de Igrejas Evangélicas Cristãs do Peru (Unicep), Raquel Gago, obervaram que as Igrejas têm uma responsabilidade ética e moral no combate ao incremento acelerado da corrupção nas diferentes instâncias da sociedade, mas especialmente em nível do Estado. As duas entidades auspiciam a campanha.
“A corrupção, que tem consequências graves, especialmente nos pobres da nossa sociedade, é uma manifestação do pecado, e a Igreja não pode ser condescendente com o pecado. Ao contrário, ela tem a responsabilidade de debelá-la", disse Alva. Raquel Gago aplaudiu a união das entidades representativas das igrejas evangélicas no esforço por essa causa.
O ex membro da Comissão Nacional Anticorrupção, pastor Rafael Goto, instou os religiosos a se conscientizarem do impacto positivo que as igrejas podem produzir se decidirem atuar para frear o avanço da corrupção. “A corrupção não só mata, mas também empobrece milhões de pessoas, especialmente os mais pobres”, disse.
Publicação da enquete nacional “Percepção dos peruanos sobre a corrupção”, patrocinada pela ONG PRÓ-Ética – capítulo peruano de Transparência Internacional – revela que 78% da população toleram a corrupção, 91% disseram que peruanos desrespeitam as leis e 93% admitiram que não denunciaram tentativas de suborno.
A diretora da ONG, Cecilia Blondet, disse, no lançamento da campanha, que essa era uma boa oportunidade para demandar do Estado que enfatize a luta contra a corrupção na administração pública.
"Exposed" (Descoberto) é uma iniciativa global de igrejas, denominações e organizações evangélicas que, sob o lema “Acende uma luz sobre a corrupção”, procuram contribuir para pôr fim a esse câncer. A campanha é liderada pela Aliança Evangélica Mundial, Desafio Miqueias, Sociedade Bíblica Americana, Exército de Salvação, Paz e Esperança Internacional, entre outros.
Para assinar o abaixo-assinado contra a corrupção basta acessar https://signup.exposec2013.com/p/desafio?lang=é
A campanha também está presente no Facebook.

ALC

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.