Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Dez judeus detidos por estarem a cantar no Monte do Templo

Nesta passada segunda-feira um grupo de dez homens judeus foi detido no Monte do Templo. Qual a razão? Pelo "crime" de desfraldarem bandeiras israelitas e entoarem o hino nacional de Israel no cimo do Monte, que é território pertencente a Israel, ainda que sob administração muçulmana.
Estes 10 judeus provaram na pele o que é desobecer às "regras" impostas pelo próprio estado de Israel, impedindo-os de manifestarem a sua alegria e carácter judaico no local mais sagrados para os judeus do mundo inteiro...
O sheik Yusuf Adeis, um dos clérigos do local, comentou à "Arabic Media" que a acção destes homens constituiu um "crime hediondo" e uma "violação de todos os tratados".
Já na última quinta-feira alguns judeus foram retirados do Monte pelo "hediondo crime" de estarem a recitar orações em voz baixa...
Apesar de o Supremo Tribunal de Justiça de Israel ter reafirmado o direito aos judeus de poderem orar no Monte, mesmo assim dão à polícia o direito de poder impedir quaisquer expressões de fé que no entender deles possam "perturbar a paz."
Até quando simples orações murmuradas pelos lábios de alguns judeus podem "perturbar a paz" é que não se entende...
Qualquer judeu que hoje suba ao Monte é acompanhado e vigiado de perto pelos muçulmanos que, ao mínimo sinal de tentativa de oração, provocam logo um escândalo que obriga as autoridades israelitas a intervirem, a bem "da paz".
Até quando o estado soberano de Israel se permitirá impedir o seu povo de orar livremente num espaço que sempre foi território sagrado de Israel?

Shalom Israel

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.