Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Jesuíta propõe nome de mulheres ao cardinalato

O padre jesuíta James Keenan defendeu, em postagem na sua página pessoal no Facebook, a candidatura de mulheres ao cardinalato da Igreja Católica.
O professor de Teologia Moral no Boston College apresentou, inclusive, três nomes de mulheres que poderiam postular uma cadeira no colégio de cardeais.
Aparecem na lista de Keenan a professora de ecumenismo no Trinity College de Dublin, Linda Hogan, a professora de teologia no Instituto Católico da África Ocidental, irma Teresa Okure, da Nigéria, e a diretora adjunta do Serviço Jesuíta aos Refugiados da Austrália, Maryanne Loughry.
"Não deveríamos usar as redes sociais para colocar alguns nomes lá?" - indagou Keenan no Facebook, sugerindo que pessoas acrescentem nomes à lista de mulheres de seus próprios países que poderiam ser boas cardinalesas.

ALC

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.