Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Matar cristãos já é desporto olímpico

As tais prisões-fábrica da China tem muitos prisioneiros religiosos. Sim, pessoas presas devido à sua fé, e muitos são cristãos. Aliás, prender cristãos já é desporto olímpico em Pequim. É a resposta da liderança comunista ao crescimento exponencial do cristianismo na China.
Em Regresso de Deus, Micklethwait e Wooldridge falam em cerca de 60 milhões de protestantes e 12 milhões de católicos, mas o número real deve ser mais alto, porque grande parte da acção religiosa é feita na clandestinidade. Existe, por exemplo, uma Igreja Católica clandestina. São estas células clandestinas que, volta meia, acabam na prisão ou no gulag fabril .
Prender e matar cristãos não é desporto apenas na China. Um sujeito olha à volta e só vê cristãos a cair como tordos. Ele é cristãos estilhaçados no Paquistão. Ele é cristãos estorricados na Nigéria. Ele é cristãos atacados no Egipto e na Síria. Ele é igrejas destruídas na Índia. Como podem ver, partir o fofinho teológico do cristão é um desporto em alta. Na Arábia, o governo chega ao ponto de pagar um salário a quem denunciar uma reunião cristão, mesmo que seja numa garagem. "Salva Alá, sê um bufo", podia ser o slogan.
Curiosamente, este fenómeno marcado pela violência está a passar ao lado das percepções dos média europeus. O que faz sentido. Estamos na presença de dois factos que não encaixam nas narrativas do costume. Em primeiro lugar, o crescimento exponencial do cristianismo no resto do mundo não combina com a - suposta - morte de Deus. Em segundo lugar, as vítimas desta violência são cristãos e não muçulmanos, budistas ou focas, o que complica um pouco o ângulo narrativo da coisa.

Expresso

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.