Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Cantor Nelson Ned morre aos 66 anos em São Paulo

Morreu, neste domingo (5), o cantor Nelson Ned, aos 66 anos. Ele estava internado no Hospital Regional de Cotia desde a tarde desse sábado (4), quando foi diagnosticado com quadro grave de pneumonia, e não resistiu a complicações do quadro clínico, de acordo com informações da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo.
Nascido em Ubá, na Zona da Mata, o "pequeno gigante da canção", apelido que recebeu por seu 1,12m de altura, se consagrou na década de 60 como uma das vozes românticas mais famosas do Brasil, e seu sucesso internacional veio com a gravação de vários discos em espanhol. Teve composições gravadas por Agnaldo Timóteo e Moacyr Franco, entre outros cantores.
Ídolo em países como Argentina, México e Colômbia, Nelson Ned enfrentava problemas de saúde há vários anos e que se agravaram em 2003 quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).
Como consequência do AVC, o intérprete de Tudo Passará - música regravada mais de quarenta vezes - perdeu a visão de um olho e precisava se locomover com a ajuda de uma cadeira de rodas, além de enfrentar diabetes, hipertensão arterial e foi diagnosticado também com Mal de Alzheimer em fase inicial. Desde o ano passado, ele vivia em uma clínica de repouso.
Ned se converteu nos anos 90 à religião evangélica e passou a interpretar com sucesso músicas do gênero religioso, também em português e espanhol. Em 1996, lançou a biografia O Pequeno Gigante da Canção.
Com 45 milhões de cópias de discos vendidos em todo o mundo, o artista foi o primeiro latino-americano a vender um milhão de discos no mercado dos Estados Unidos, onde se apresentou junto com o espanhol Julio Iglesias e o americano Tony Bennett e no qual encheu três vezes o mítico Carnegie Hall, em Nova York.

Terra via Cadaminuto

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.