Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Conselho evangélico venezuelano pede orações pelo país

O grupo formado por diversas denominações cobrou do governo a garantia dos direitos civis.
O Conselho Evangélico da Venezuela publicou uma mensagem pedindo orações pelo país e chamando o governo de Nicolas Maduro a cumprir seu papel na garantia dos direitos civis.
“Nesta hora de extraordinária dor para o país, em que o luto embarga mais uma vez as casas venezuelanas, o Conselho Evangélico da Venezuela manifesta sua solidariedade a todos e eleva orações e súplicas a Deus pela paz da nossa nação, especialmente pelas famílias que tem perdido um ente querido durante os protestos realizados”, diz trecho do texto.
De acordo com a Agência Latino-americana e Caribenha de Comunicação, o Conselho também manifestou a defesa pelo o direito a vida e repudiou a violência em qualquer cenário, principalmente quando os direitos da população não são respeitados.
Representando 2 milhões de pessoas que frequentam 1.500 igrejas, o Conselho pediu aos órgãos do Estado mais esforços para resguardar a integridade física e a segurança da cidadania.
O texto ainda rogou por justiça e paz e fez um apelo para que a população faça uso de seus direitos consagrados na Constituição.

Entenda o caso
Em 12 de fevereiro uma manifestação estudantil contra o governo gerou tensão entre a polícia e os manifestantes. Três jovens morreram e dezenas ficaram feridos. Por conta disto outras manifestações foram sendo organizadas tendo como líder o dirigente de oposição Leopoldo López, que foi preso acusado de ser o causador desses incidentes.
Leopoldo López ressurgiu depois de dias escondido para discursar em uma manifestação antigoverno e então se entregar às autoridades.
López liderou uma grande manifestação contra o governo de Nicolás Maduro no leste de Caracas reunindo milhares de pessoas. Além dele, o governo também tem culpado os Estados Unidos pela violência na cidade.

GP

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.