Header Ads

ATUALIZADAS
recent

"Eu quero aceitar Jesus", diz funkeiro carioca

No auge da carreira ele não descarta ter que deixar o funk para se tornar evangélico.
O MC Nego do Borel, 21 anos, disse em entrevista ao Ego que quer aceitar Jesus e se tornar evangélico igual a sua mãe.
“Eu quero aceitar Jesus. E isso não está longe de acontecer”, disse o jovem que é a referência do chamado funk ostentação do Rio de Janeiro.
No auge de sua carreira, Leno Maycon Viana Gomes está curtindo tudo que a fama pode lhe proporcionar. Conseguiu comprar uma casa nova, um carro no valor de R$ 100 mil e bens de consumo como cordões e relógios de ouro.
Mas ao lembrar do começo da carreira ele afirma que ter fé foi essencial para chegar onde chegou. “Sempre tive fé. Fé em Deus e em mim. Quanta gente dizia que eu não seria nada, que meus sonhos não iriam se realizar? Mas consegui”, contou.
Hoje o MC Nego do Borel recebe cerca de R$ 200 mil por mês e recentemente firmou contrato com a Sony Music. Mas mesmo com tanto sucesso ele sabe que terá que deixar o funk quando se tornar evangélico.
“Não sei se vou viver de funk daqui uns anos. Se eu me converter, vou largar isso tudo”, disse ele. Seu contato com o meio evangélico acontece na própria casa que frequentemente se abre para receber cultos.
“Minha mãe é evangélica, lá em casa sempre tem culto. Moro praticamente em uma igreja”, afirmou o jovem brincando.
Mas antes de largar tudo ele tem algumas metas materiais para conquistar, uma delas é deixar o Morro do Borel (de onde vem seu nome artístico) e comprar uma casa na Barra da Tijuca. “Até junho vou morar na Barra da Tijuca, comprar uma casa lá. A casa da minha mãe é a melhor de todo o morro e daqui a pouco vou trocar de carro”, disse ele.
As letras que Leno escreve falam exatamente de consumo. Em uma delas ele fala do carro que dirige. “Olha só como o bonde tá/Olha só eu to bem de vida/Olha só a Mercedes Benz/Olha só, olha a Captiva/ Olha só eu to rindo a toa”.

GP

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.