Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Desafio no Facebook cria corrente que reúne os católicos aos evangélicos

Um desafio lançado no Facebook tem mobilizado muita gente a compartilhar trechos bíblicos na internet. O “Lançai a Palavra”, como foi nomeado, “invadiu” a rede social, ultrapassou a fronteira religiosa e, na prática, vem unindo católicos e evangélicos.
A maioria dos participantes é formada por jovens que entraram na “campanha” com o argumento de que a plataforma, utilizada para divulgar tantas bobeiras, também é “ferramenta para a propagação da palavra de Deus”.
A “corrente” é simples: Quem desafia escolhe alguns versículos para ler (o que sentir), grava um vídeo e convoca três amigos para fazer a mesma coisa. Se o desafiado não cumprir a missão em 24 horas, deve dar uma bíblia de presente a quem o desafiou.
Entre os evangélicos, a mania pegou, mas o curioso é que até os católicos entraram na onda. Uma prova de que a mensagem é mais importante que a placa da igreja. A farmacêutica Lizandra Ortiz Nepomuceno, 23 anos, de Dourados, é um das participantes.
Católica desde que nasceu, ela tem uma explicação na ponta da língua: “Deus é um só. Não importa a religião. É o mesmo para todos. Eu fui desafiada por uma amiga católica e vejo que vários amigos da minha comunidade estão fazendo o mesmo”.
Na internet, a jovem seguiu o mesmo modelo proposto, mas há católicos que, ao invés da bíblia, pediram um terço, como é o caso da estudante de jornalismo Ana Cristina da Cruz, de 18 anos, que foi desafiada por uma evangélica.
“Alguns amigos meus já haviam feito essa troca. Eu, por exemplo, conheci o Lançai a Palavra devido amigos que estavam desafiando outros a darem o terço caso não gravassem o vídeo, e depois vi alguns amigos protestantes desafiando com a bíblia”, disse, ao comentar que ambos “são presentes abençoados”.
De qualquer forma, com bíblia ou terço, o recado está dado: “Necessitamos de uma juventude que saiba ler a palavra do pai e pedir e intercessão da mãe”, completou. Para ela, essa “união” fez com que as pessoas aprendessem que somos todos irmãos e que qualquer um pode evangelizar.

Evangélica, a revisora Greice Maciel, de 29 anos, que frequenta a Igreja Adventista do Sétimo Dia, pensa de maneira semelhante. “Deus é de todos e é sempre positivo quando a palavra dele é compartilhada, independentemente da denominação religiosa, sempre acrescenta algo: uma informação nova, um outro ponto de vista ou uma reflexão”, afirmou, exemplificando.
Greice foi desafiada por uma amiga, também evangélica, a professora de inglês Sandra Regina Reiss, de 26 anos, que já desafiou uma católica. A jovem, fiel da igreja Luterana, reforça que “somos um em Cristo” e, portanto, não importa a denominação, mas “a salvação por meio de Jesus”.
De onde surgiu? – Matéria divulgada no site Jovens Conectados informa que o desafio Lançai a Palavra surgiu no interior de Santa Catarina. A iniciativa partiu do padre Ederson Larochevski, de 30 anos, da Diocese de Caçador (SC).
Ele teria gravado o primeiro vídeo na secretaria da paróquia onde trabalha, na cidade de Rios das Antas, no mesmo Estado. “A gravação prima pela simplicidade, deixando em evidência a força das palavras proclamadas. Tem apenas 28 segundos e é a leitura do Evangelho segundo São Marcos (Mc 8,34-35)”, diz trecho do texto.
A publicação afirma, ainda, que o sacerdote foi colaborador na organização da Diocese para a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013 e, atualmente, acompanha a Pastoral Universitária. Na paróquia, inicia ações de evangelização com os jovens.

CGN

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.