Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Seis anos de prisão por ter feito «gosto» numa página de Facebook

Violação da lei ou perseguição religiosa?
Um tribunal egípcio condenou um homem a seis anos de cadeia e a uma multa por ter aberto uma página cristã nas redes sociais.
Segundo a lei egípcia, que se rege de acordo com a religião muçulmana, o homem cometeu uma blasfémia.
O caso vem a público através de uma associação de defesa internacional de cristãos, que denuncia que o artigo do Código Penal que proíbe ridicularizar símbolos religiosos «serve para tudo» e como perseguição de minorias religiosas. Kerolos Shawky foi a «vítima» que se seguiu desta lei sectária, ao fazer «gosto» numa página cristã no Facebook.
A organização cristã ICC acrescenta que este foi o terceiro caso desde que Abdel Fatah El-Sisi assumiu o poder no Egito.

TVi24

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.