Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Entenda como surgiu o conflito entre Israel e árabes-palestinos

Família judia tenta se proteger atrás de um carro após alerta de ataque na cidade de Kiryat Malachai, no sul de Israel
Dois povos que reivindicam o mesmo espaço de terra e uma guerra que se estende desde de o ressurgimento de Israel, único estado judeu do mundo.
O povo israelense já habitava o seu atual território há cerca de dois mil anos atrás. Segundo o velho testamento bíblico, essa era a terra prometida ao povo hebreu. Mas Israel foi subjugada por outras nações e o seu povo foi disperso pelo mundo em duas oportunidades. Segundo a Bíblia, a segunda queda foi consequência do povo judeu ter negado seu filho de Deus, Jesus.
Durante a segunda diáspora judaica, eles foram perseguidos em todos os lugares em que tentaram viver, inclusive pela Igreja Católica na Europa e até pelos portugueses quando tentaram se fixar no nordeste brasileiro. Na segunda guerra mundial, este ódio se traduziu em um extermínio de seis milhões de judeus.
Foi então que a ONU e a Inglaterra decidiram recriar Israel pela terceira vez. Mas o território já era ocupado por tribos palestinas, e mesmo eles nunca tendo existido como país foi pactuado que existiriam duas nações, uma de judeus e outra de palestinos.
Mas os países árabes não aceitaram o estado judeu e com apoio dos palestinos, Egito, Síria, Iraque, Jordânia, Líbano e Arábia Saudita atacaram Israel. Porém o nanico e recém criado estado venceu a guerra e tomou territórios que seriam outro estado. O resultado foi uma guerra que se estende até hoje entre palestinos e judeus.
Para por fim as guerras, em 2005 Israel decidiu ceder a Faixa de Gaza e parte da Cisjordânia, territórios que pertenceriam ao estado palestino. Mas o Hamas, um partido de milicianos terroristas, tomou o controle político de Gaza e desde então vem lançando foguetes contra Israel, pois seu objetivo é “a instauração de um Estado palestino abrangendo toda a Palestina histórica”. Em sua carta de princípios prega a criação de um Estado palestino islâmico e portanto a extinção do estado judeu.
Israel é a única nação de judeus do mundo e só tem um quinto do território de Santa Catarina. É a única democracia do oriente médio e 16% de seu eleitorado é árabe. Já os árabes estão espalhados por 22 países em um território imenso que se estende por continentes com uma população 41 vezes maior.

Farol Blumenau

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.