Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Autor deixa de ser ateu e vira cristão, ao escrever livro sobre os horrores do século XX

Enquanto escrevia o livro The Race to Save Our Century (A Corrida para Salvar Nosso Século, em tradução livre), o autor Jason Jones revela em entrevista à edição em inglês do The Christian Post, que foi conduzido pelo cristianismo, deixando de ser ateu.
Jason Jones, autor do livro The Race to Save Our ​​Century (A Corrida para Salvar Nosso Século, em tradução livre).
Produtor de cinema e escritor, Jones escreveu o livro em parceria com o escritor John Zmirak, sob a meta de apontar cinco princípios fundamentais para evitar catástrofes do século XX, que agora podem ser evitados neste século em que vivemos, conforme a análise dos dois.
Todo o trabalho desenvolvido para a obra foi o grande viés para que o escritor mudasse de opinião e transformasse sua vida, para um sentido em que pudesse se guiar pelas veredas da mensagem que Jesus Cristo nos evoca.
A ideia do livro surgiu quando Jones era estudante universitário no Havaí (EUA). Ele lançou seu projeto por meio de vídeo, para incentivar seus colegas a se aprofundar no tema e fazer especialização no departamento de ciência política.
"Eu só queria derramar os horrores do século XX em dois minutos, para criar uma urgência entre os jovens na minha escola, e assim tomarem noção da importância de adentrar na ciência política", explica Jason Jones.
Entretanto, a ideia foi rejeitada por sua "faculdade de esquerda", mas assim Jones descobriu o "foco" para sua vida, querendo ajudar a criar um mundo melhor com medidas de precaução. Segundo ele, o processo modificou seu pensamento de ateu e libertário para cristão e conservador.
No livro, Jones e Zmirak argumentam que os horrores do passado são baseados em cinco ideologias do mal: o racismo e o nacionalismo; o militarismo e a "guerra total"; coletivismo utópico; individualismo radical; e o hedonismo utilitarista.
Tais pensamentos do mal podem ser exterminados, evoluindo por meio de cinco princípios fundamentais: o valor único e absoluto de toda a pessoa humana; o direito natural; a defesa das instituições civis que se encontram entre povo e governo; a solidariedade; e uma economia humana.
Jones também trabalha como produtor de cinema, e assim como em seu livro, os filmes também são focados em "inocular o mundo de ideologias do mal", através da dignidade e beleza da pessoa humana.

CP

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.