Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Pastor afirma que informação sobre Ebola "foi um mal-entendido"

“Fomos em três pastores prestar serviços humanitários em Moçambique e, graças a Deus, estamos todos bem”, garante.
Após surgimento de boataria nesta quinta-feira (9) em Apucarana, dando conta que um religioso da cidade poderia ter contraído o vírus Ebola, em recente viagem à África junto com outros dois evangélicos, a equipe do jornal Tribuna do Norte localizou um dos pastores que esteve no continente africano em ação missionária.
De acordo com o apucaranense, que prefere não se identificar, tudo não passou de mal-entendido.
“Fomos em três pastores prestar serviços humanitários em Moçambique e, graças a Deus, estamos todos bem”, garante.
De acordo com ele, que ficou assustado com a repercussão do caso, o pastor internado apresentou um quadro de resfriado e, ao comentar que esteve em Moçambique, foi solicitado pelo hospital uma série de exames por precaução.
“É a terceira viagem missionária que fazemos a Moçambique e fomos tranquilos, porque o país está localizado numa região oposta aos registros de casos do vírus Ebola”, afirma.
A equipe missionária era formada por dois pastores de Apucarana e um de Maringá.

NOTA DE ESCLARECIMENTOO Hospital da Providência divulgou nota, pouco depois das 12 horas, na qual descartou a possibilidade de um paciente religioso que veio recentemente da África estar infectado com o vírus Ebola.
A nota de esclarecimento foi divulgada após os boatos dando conta que o evangélico estaria internado no hospital e que funcionários estariam em pânico com a possibilidade da confirmação do caso.
Os três pastores evangélicos chegaram ao Brasil na semana passada, vindos da África.
Eles prestavam serviço humanitário em Moçambique, e na quarta-feira (08) um dos religiosos deu entrada no hospital, após queixar-se de febre, fraqueza, cefaleia, dor de garganta e mialgia.
Como procedimento padrão, a 16° Regional de Saúde foi notificada pelo SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar), que determinou o protocolo adequado.
Em decorrência das orientações, o paciente passou por avaliação do médico infectologista José Ruy Conde Alves, que descartou a contaminação pelo vírus Ebola.
O religioso recebeu alta hospitalar na manhã desta quinta-feira (9), conforme nota de esclarecimento divulgada pela assessoria de imprensa do Hospital da Providência.

TNOnline

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.