Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Filho de pastor é detido

Relatórios recentes parecem indicar muitas melhorias para aqueles que vivem em Cuba. Mas a verdade é que seu governo ainda restringe severamente a liberdade de seu povo, incluindo o culto cristão. Sob o pretexto de cometer “atividades anti-governamentais”, o filho de um pastor está agora detido em uma prisão militar.
Acusado de escrever uma canção contra o governo, Gabriel Leyva, 19, está sendo mantido numa precária prisão militar com pouco recurso. Ele foi preso faltando quatro meses para cumprir seu serviço militar obrigatório.
Colaboradores da VdM dizem que as acusações são infundadas, e que sua prisão está diretamente relacionada com as atividades evangélicas da sua família e o crescimento visível do ministério de seus pais. Contatos da VdM dizem que esta igreja tem sido muito bem recebida pela comunidade e é uma bênção poderosa.
Quando o pai de Gabriel soube da detenção de seu filho, ele foi para a prisão. Guardas colocados na sala, literalmente, tamparam a boca de Gabriel quando ele começou a contar a seu pai que era inocente. Ele não foi autorizado a falar mais nenhuma palavra.
O governo cubano desencoraja qualquer tipo de dissidência e vê os cristãos evangélicos com desprezo, especialmente aqueles de igrejas não registradas. Os pastores e suas famílias são especialmente vulneráveis, e muitos enfrentaram espancamentos, tem sua propriedade invadida, destruída e ainda enfrentam a prisão como resultado. Prisões de longo períodos são menos frequentes do que no passado, mas detenções a curto prazo aumentaram muito nesse último ano.
Orem em favor dos cristãos que vivem em Cuba.

Publicado em A Voz dos Martires

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.