Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Governador do Distrito Federal pede abordagem contra a dengue durante cultos evangélicos

O governador Rodrigo Rollemberg pediu nesta terça-feira (24) o engajamento de pastores evangélicos na luta contra a dengue e a febre chikungunya, ambas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Ele se reuniu nesta tarde com líderes religiosos na residência oficial do governo, em Águas Claras. Nosso apelo às lideranças é que, nos cultos, orientem a população a gastar cinco minutos por dia fazendo o controle e o acompanhamento para evitar a reprodução do mosquito da dengue"
“Nosso apelo às lideranças é que, nos cultos, orientem a população a gastar cinco minutos por dia fazendo o controle e o acompanhamento para evitar a reprodução do mosquito da dengue.”
Segundo a Secretaria de Saúde, foram registrados 11.458 casos da de dengue em 2014 e 11.520 em 2013. O número de mortes de um ano para o outro, no entanto, mais que triplicou: passou de 5 para 18 no mesmo período. Foram três casos de chikungunya em 2014 no DF.
Rollemberg afirmou que, a partir do fim desta semana, 200 militares do Exército passarão a contribuir com a vigilância. O pedido de ajuda do Exército foi feito na semana passada ao comando militar.
Segundo o gerente de vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde, Ailton Domícius, o sistema de saúde consegue identificar cerca de 30% dos casos de dengue e entre 60% e 90% da febre chikungunya. “Isso significa que, em caso de epidemia simultânea das duas doenças, nenhuma rede de saúde do mundo está preparada para absorver essa demanda”, afirmou.
A presidente da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão (PDT), o secretário de Relações Institucionais, Marcos Dantas, e a presidente da Agefis, Bruna Pinheiro, também participaram do encontro.

Pedidos
Antes de tratar do combate à dengue, o governador ouviu pedidos e queixas dos líderes evangélicos, principalmente em relação à regularização dos lotes das igrejas. Eles cobraram a aprovação de leis que garantam espaço para os templos religiosos.
“Todo dia, nós sofremos ameaças da Agefis. É um peso assustador”, afirmou o pastor de uma igreja no P Norte, em Ceilândia, que diz estar instalado no local desde 2000. Os religiosos questionaram o governo e a representante da Câmara sobre o texto da Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos), retirada do parlamento sem aprovação. A lei alterava as regras de concessão e uso dos templos.
Rollemberg afirmou que o GDF tem compromisso em regularizar os templos, mas que não fará o processo “a ferro e fogo” e sem segurança jurídica. “Vamos trabalhar para isso, mas vamos ser muito rigorosos no combate à ocupação irregular daqui para frente. É nossa obrigação”, disse. O governador também pediu o apoio das igrejas para evitar novas invasões por lideranças religiosas e por moradores das regiões administrativas.
“Acredito que todos aqui querem fazer a regularização ‘para trás’, do que já foi ocupado. Estou sendo franco. No Setor Industrial de Ceilândia, algumas igrejas ou pretensas igrejas começaram a se instalar, atrapalhando a regularização das outras”, disse.
Como exemplo, Rollemberg utilizou a desocupação de residenciais no Sol Nascente, em Ceilândia. Disse que fará o mesmo no Lago Sul, para liberar a orla do lago Paranoá para “o bem da comunidade”, e em igrejas recém-instaladas sem permissão.

Publicado no G1

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.