Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Padres estão aterrorizados com 'onda' de assaltos a igrejas

Bandidos se disfarçam de fies, agridem e ameaçam padres de morte e levam o que podem.
Em Santa Luzia do Norte bandidos assistiram missa para conhecer o padre, que foi agredido com coronhada na cabeça.
Os constantes assaltos – em muitos dos casos com agressões físicas – a igrejas católicas localizadas na Região Metropolitana de Maceió, (RMM), já são investigadas por policiais do Setor de Inteligência da Polícia Civil, (PC) e tema de discussão do Conselho Estadual de Segurança, (Conseg).
Os relatos das vítimas – na maioria os próprios padres – são sempre os mesmos. Os bandidos chegam às igrejas, se passando como fies, assistem as missas e depois retornam para praticarem os crimes.
Um dos últimos casos aconteceu no final do dia do último dia 9. Segundo o pároco Luciano Soares, 39, trabalhadores faziam reparos na estrutura física da Igreja Santa Luzia de Siracusa, na cidade de Santa Luzia do Norte. Seria um dia como outro qualquer.
O padre estava na Sacristia da igreja enquanto três pessoas da comunidade ornamentavam a imagem de Maria Santíssima para a missa que seria celebrada a noite. Teria sido neste momento que chegou um jovem perguntando onde estavam os pedreiros. Após ouvir a resposta o desconhecido foi embora retornando instante após acompanhado de outros dois, sendo que um estava usando uma camisa com a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Os três sacaram armas de fogo, renderam o padre e as demais pessoas.
As vítimas foram obrigadas a deitar no chão e ameaçadas de morte. Aos gritos eles perguntavam pelo cofre e pela chave da Casa Paroquial e em seguida recolheram os aparelhos celular de todos, um notebook, um aparelho de televisão, um aspirador, dois cálices, cerca de quatro mil reais e fugiram no carro da igreja, um Polo branco, placa ORE 1921 (AL).
Ainda segundo o padre, antes de irem embora um dos assaltantes lhe aplicou coronhadas em sua cabeça e lhe desferiram dois socos.
Outro detalhe que chamou a atenção no assalto foi que o padre reconheceu um dos criminosos como sendo o jovem que dias antes havia ido até a igreja assistir uma das missas.
Segundo o coordenador da Comissão de Justiça e Paz, padre Manoel Henrique, até o momento foram vítimas de assaltos às igrejas de Santa Luzia de Siracusa (Tabuleiro do Martins), assaltada em fevereiro; Imaculada Conceição e São João Maria Vianey (Clima Bom I), assaltada no final do ano passado e em março; Senhor Bom Jesus do Bonfim (Viçosa), no mesmo mês; Nossa Senhora das Dores (Santa Lúcia), em abril; São Sebastião (Messias), em maio, onde o padre foi ameaçado de morte pelos criminosos que depois da repercussão do assalto mandaram um recado dizendo que haviam desistido de mata-lo; e por último a de Santa Luzia de Siracusa (Santa Luzia do Norte).

Publicado no Primeira Edição

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.