Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pastor tentou repetir o ‘milagre’ de Jesus e morreu afogado

Um pastor evangélico tentou imitar o milagre de Jesus caminhando sobre a água do mar. O ‘milagre’ não aconteceu e o homem acabou por morrer afogado.
O pastor evangélico, de 35 anos, tentou andar sobre as águas de Libreville, no Gabão, após ter garantido aos seus fiéis que, assim coo Jesus, era capaz de andar sobre as águas do mar.
O homem tinha afirmado antes do óbito aos seus fiéis, que para atravessar o mar andando sobre as águas só era preciso ter fé, referindo-se a um trecho da bíblia.
Segundo o jornal, Daily Record, o pastor evangélico, chamado Frank Kabele, andou de barco durante 20 minutos. Parou, entrou na água, foi ao fundo e nunca mais foi visto, tendo posteriormente, sido confirmado o seu óbito.
Frank, de 35 anos, tinha garantido por várias vezes aos seus fiéis que era capaz de repetir o milagre de jesus: “Ele assegurava que tinha tido uma revelação e que era possível caminhar sobre a água como Jesus”, disse um dos seus fiéis à mesma fonte.

Publicado no PT Jornal

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.