Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Pastor é preso após engravidar 20 mulheres: "era a vontade de Deus"

Ngwu (no centro), convenceu um grupo de mulheres a fazer sexo com ele.
Na Nigéria, uma história envolvendo um pastor que se relacionou com pelo menos 20 mulheres sob a justificativa de que essa era “a vontade de Deus” tomou conta dos noticiários. Timothy Ngwu, de 53 anos, foi preso por abuso sexual. Ele convenceu ainda as filhas de algumas das moças a seguirem as suas palavras.
Ao site nigeriano Naij.com, o porta-voz da Policia Estadual de Enugu, Ebere Amaraizu, afirmou que Ngwu dizia estar obedecendo uma “ordem espiritual para realizar a vontade de Deus”, independentemente das mulheres serem casadas ou não.
Ao todo, pelo menos 13 crianças de cinco garotas diferentes têm o pastor como pai. “Quando a mãe tinha o bebê, ela ficava com a responsabilidade pela criação”, continuou o policial.
Os crimes do pastor foram denunciados pela sua esposa, Veronica, que viu como a gota d’água o fato de ele ter engravidado a sua própria sobrinha. Ele convencia as moças de que esse era o caminho divino a ser seguido.
Algumas das moças deixaram os seus maridos para viver com o pastor.
Calista Omeje e Assumpta Odo foram duas das mulheres que deixaram as suas famílias para viver com o pastor. Mãe de oito filhos, Odo revelou ao jornal que Ngwu engravidou ela e também a sua filha, que não teve a sua idade revelada.
Incomodado, o oficial Amaraizu ainda alegou ao veículo local que “não conseguia se envolver” na relação das moças que abandonaram os respectivos maridos, mas garantiu que a suposta organização que Nwgu dizia ser uma igreja será completamente fechada e o pastor preso.

Publicado em Yahoo


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.