Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Vaticano expulsará sacerdote que declarou ser gay

O padre polonês Krzysztof Charamsa, oficial na Congregação para a Doutrina da Fé, não poderá continuar no organismo após declarar sua homossexualidade publicamente, revelou neste sábado o porta-voz Vaticano, Federico Lombardi.
Em entrevista publicada hoje no jornal "Il Corriere della Sera", o de maior tiragem nacional, o padre afirma que é gay, que tem um companheiro sentimental e que sente orgulho disso.
As declarações de Charamsa são "muito graves e irresponsáveis", inclusive por terem sido feitas na véspera do Sínodo Ordinário para a Família, indicou Lombardi em comunicado.
"Cabe assinalar que - apesar do respeito que merecem os fatos, as circunstâncias pessoais e as reflexões sobre eles, a escolha de declarar algo tão clamoroso na véspera da abertura de Sínodo é muito grave e irresponsável", disse Lombardi.
Neste sentido, o porta-voz assinalou que estas declarações provavelmente "submeterão a assembleia sinodal a uma pressão midiática injustificada".
Quanto ao seu futuro no organismo da Cúria, onde está integrado desde 2003, Lombardi assinalou que "certamente não poderá continuar desempenhando as tarefas na Congregação para a Doutrina da Fé e nas universidades pontifícias", onde dava aulas.
Outros aspectos de sua situação, segundo Lombardi, "competem a seu ordinário diocesano".
Charamsa afirmou hoje nas páginas do "Il Corriere della Sera" que não se importa com as consequências de sua revelação.
"Quero que a Igreja e minha comunidade saibam quem sou: um sacerdote homossexual, feliz e orgulhoso da minha identidade. Estou preparado para pagar as consequências, mas é o momento para a Igreja abrir os olhos e compreender que a solução que propõe, a abstinência total da vida do amor, é desumana", defendeu.
O Sínodo Ordinário de Bispos para a Família, que acontecerá até o próximo dia 25 de outubro, aonde prelados de todo o mundo debaterão temas como o tratamento aos divorciados e aos homossexuais.

Publicado em Exame


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.