Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Lobista doou a igreja evangélica como parte de propina para Cunha

Fernando Baiano contou que Eduardo Cunha chegou a enviar um email para ele com as parcelas de propinas devidas por conta dos contratos com a Petrobras.
Religioso e em contato permanente com os fiéis, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sempre se preocupou em estar próximo com sua base eleitoral.
Em depoimento dado a Força-Tarefa da Operação Lava Jato, o lobista Fernando Baiano conta que se recorda de ter acompanhado gravações do deputado a um programa de rádio evangélico. O lobista conta que Cunha se dirigia aos ouvintes com “meus amados” e sempre terminava as gravações com o bordão “o povo merece respeito”.
Baiano confirmou que o lobista Júlio Camargo doou 250 mil reais a uma Igreja Evangélica Assembleia como parte do pagamento de propinas devidas de dois contratos de navios sondas da Petrobras. Os contratos somaram 1,2 bilhão de reais e teriam gerado 80 milhões de dólares em propinas aos lobistas e a Cunha.
Segundo Baiano, Cunha recebeu cerca de seis milhões de reais e ele ficou com outros quatro milhões. Os pagamentos ao deputado eram feitos em espécie e entregues a um funcionário de seu escritório no Rio de Janeiro, conhecido como Altair. Uma das entregas chegou a ser feito em um condomínio onde o deputado mora.
O lobista contou ainda que Cunha chegou a enviar um email para ele com as parcelas de propinas devidas por Camargo por conta dos contratos com a Petrobras. Baiano disse aos investigadores que acredita ter a cópia da mensagem e ficou de localizá-lo. O lobista deve ser solto depois de amanhã, como prevê seu acordo de colaboração premiada.
Na denúncia apresentada ao STF, o procurador-geral, Rodrigo Janot, afirma que “é notória a vinculação de Eduardo Cunha com a referida igreja. O diretor da referida igreja perante a Receita Federal é Samuel Cássio Ferreira, irmão de Abner Ferreira, pastor da Igreja Assembleia de Deus de Madureira, no Rio de Janeiro, que o denunciado frequenta. Foi nela inclusive que Eduardo Cunha celebrou a eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, conforme amplamente divulgado pela imprensa”.
Após a investigação na Suíça ter identificado contas em nome do parlamentar e de familiares, o deputado disse que o dinheiro tem origem em seus negócios na área de processamento de carnes, e não em propinas.

Publicado em Carta Capital


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.