Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Sueco consegue fazer pagamentos via implante na mão

Pagamentos via smartphone e smartwatch começam a tornar-se comuns, mas com a mão? A ideia foi de Patric Lanhed, um sueco que conseguiu instalar na pele um chip que lhe permite transferir dinheiro da sua conta bancária para a carteira de Bitcoin.
Lanhede Juanjo Tara, com quem desenvolveu a tecnologia, afirmam que foi o primeiro "biopagamento" via Bitcoin. Num vídeo demonstrativo, é possível ver como a dupla conseguiu transferir o dinheiro de uma conta para a outra.
Só que em vez de escrever manualmente o número da conta, Lanhed aproxima um sensor NFC à sua mão. O chip contem toda a informação sobre a conta escolhida por Lanhed, e através de ondas eletromagnéticas envia os dados do sensor na mão para o que se encontra ligado ao computador, via aplicação – a ideia é semelhante à usada nos smartphones.
O computador reconhece os dados e transmite-os para o software que está a realizar a transferência. "Não vamos ter carteiras cheias de plástico daqui a 20 anos. Estamos no século XXI e ainda usamos carteiras. É ridículo." As palavras são de Tara, ao Mic. Para o engenheiro de software, este sistema pode ser usado para guardar informação de qualquer tipo, desde dados de cartões de crédito a registos médicos, identificação ou dados biométricos para entrada em casa.
A equipa pretende tornar públicos os dados necessários para a construção do chip. Para isso, pretendem que qualquer pessoa consiga implantar qualquer informação que precise.
E não existem questões de segurança? Tara afirma que não: a única forma de roubar informação seria aproximar um outro sensor à mão, o que será difícil de fazer sem que a pessoa se aperceba. Aliás, é um método de segurança porque, como lembra, "ninguém nos pode roubar a mão."

Publicado em Quero Saber


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.