Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Pastor cria perfil falso no Facebook para assediar garota

Polícia Civil aprendeu computadores, notebooks e celulares na igreja. Pastor usava perfil falso para enviar vídeos pornográficos para uma adolescente.
A Polícia Civil aprendeu computadores, notebooks e um celular e uma igreja evangélica de Ponta Grossa durante a tarde de ontem (15). A medida faz parte da operação “Servir e Proteger” desencadeada na cidade na última segunda-feira (14). De acordo com o delegado Marcus Sebastião, responsável pelo 2º Distrito, um pastor era dono do material apreendido – ele criou um perfil falso no Facebook para assediar crianças que participavam de um projeto social.
Segundo Marcus Sebastião, o crime ocorreu em 2014 e desde então o processo corre em segredo de Justiça. “Fomos até o local cumprir um mandado de busca e apreensão. Chegamos até o pastor depois de um investigação especializada da Polícia Civil. Ele admitiu o crime e alegou ter um distúrbio”, contou Marcus.
De acordo com o inquérito, o pastor criou um perfil falso no Facebook para assediar garotas que participavam de um projeto social que ele mesmo coordenava – a identificação da igreja e do pastor foi mantida em sigilo pelo delegado. “Ele [o pastor] admitiu a conduta assim que começamos a recolher os computadores. Ele foi interrogado ontem (15) logo depois que terminamos a busca na igreja”, contou o delegado.

Assédio foi realizado de vários endereços
Durante as buscas, computadores e celulares foram apreendidos em três endereços diferentes. De acordo com Marcus, o pastor cometia o crime de vários locais diferentes, por isso, vários IPs foram ‘quebrados’ pelo sistema de investigação da Polícia Civil. “Ele mantinha conversas no Facebook com essa menina e enviou vídeos pornográficos para a adolescente. Agora vamos continuar as investigações para apurar a existência de outras vítimas”, concluiu o delegado.

Publicado em A Rede


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.