Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Igreja russa 'paga' dívida de R$ 15 mil com orações

Ideia surgiu porque diocese não tinha dinheiro para pagar débito que contraiu por obra em sistema de calefação.
Uma igreja ortodoxa russa encerrou uma dívida de 300 mil rublos (R$ 15 mil) em troca de orações pela saúde dos credores.
O caso envolveu a diocese, localizada na cidade de Nizhny Novgorod, a quinta maior do país, e uma construtora. A companhia havia instalado um sistema de calefação em um dos edifícios da instituição religiosa, informou o site de notícias russo Znak.
A igreja alegou, no entanto, que só tinha dinheiro para pagar metade da dívida total ─ de cerca de 916 mil rublos (R$ 46 mil).
Antes de a briga ser levada aos tribunais, as duas partes chegaram a um acordo quando os donos da construtora, que são fiéis da diocese, aceitaram eliminar parte do débito por orações.
Segundo a Justiça russa, é a primeira vez que um acordo do tipo é realizado.
O departamento jurídico da diocese afirmou ao site de notícias russo Gazeta.ru que a ideia partiu dos próprios credores. “Ficamos surpresos...Eles mesmos vieram com a sugestão", afirmou um representante da igreja.
O diretor de vendas da construtora, Andrei Lepustin, afirmou que os donos da empresa não planejam checar como o acordo será implementado.
"Respeitamos a diocese e somos todos fiéis da Igreja Ortodoxa russa", disse ele ao Gazeta.ru.
"Dependerá da consciência deles implementar (o acordo), mas confiamos neles e já sentimos os frutos das orações, na medida em que os indicadores econômicos da companhia vêm mostrando um desempenho positivo", acrescentou.

Publicado em BBC via G1


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.