Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Homem afirma ser Jesus e diz ter memórias de sua vida anterior

"Jesus" se casou com Mary "Madalena"
Allan Miller, 53 anos, de Queensland, Austrália, que passou a afirmas ser o próprio Jesus Cristo após seu divórcio, em 1997, começou a ter cada vez mais memórias sobre sua suposta vida de 2.000 anos atrás.
Em 2004 essas memórias ficaram mais evidentes, de acordo com ele. “Eu comecei um processo de aproximação de Deus, da mesma forma que fizemos no primeiro século”, disse. “Eu sei que sou Jesus e que tenho memórias de toda aquela vida”.
Após seu divórcio, ele conheceu Mary, sua atual esposa, que também afirma ser Maria Madalena. “Eu tinha uma vida no primeiro século, era a esposa de Jesus, aprendi e ensinei a verdade divina com ele. Depois de sua morte, fui para o mundo dos espíritos onde tinha uma vida”, explicou ela. Mary acrescentou que “retornou” à Terra em 1978, quando nasceu na Austrália.
Atualmente o casal organiza seminários onde ensina o movimento espiritual sobre a “verdade divina” a quem prometer um contato mais pessoal com Deus. Além disso, eles ainda possuem um canal no YouTube. Porém, algumas pessoas os acusam de terem formado uma seita que reúne mais de 20 mil pessoas, mas Miller nega ser líder de um culto. Há também quem diga que ele teria convencido Mary sobre sua identidade. “Minha família dizia que nada disso era verdade e que eu estava sendo manipulada por Alan”, disse ela.
Quando Alan é desafiado a realizar algum milagre para provar sua identidade divina, ele argumenta que não precisa provar nada. “Não tenho nenhum desejo de provar que eu sou Jesus […] eu sei quem eu sou. Há pessoas que percebem que eu sou e outras pessoas logo saberão também”, disse.
O australiano também afirma que alguns dos atos supostamente praticados por ele na Bíblia são simplesmente falsos, por isso não os realiza hoje. “Supõe-se que no primeiro século eu transformei água em vinho, mas não o fiz”, disse.

Publicado em Jornal Ciência


Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.