Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Diarista que voltou a estudar aos 52 anos quer conseguir ler a Bíblia

Marília Nascimento e o filho Vanderson. Jovem a encorajou a voltar a estudar
A diarista Marília do Nascimento, de 52 anos, que voltou a estudar após ser encorajada pelo filho Vanderson Nascimento, de 22, já decidiu o que vai fazer assim que conseguir ler corretamente. Evangélica, ela quer executar a tarefa de ler a Bíblia na igreja que frequenta, em Manguinhos, na Zona Norte do Rio.
Na segunda-feira, Marília entrou numa sala de aula, na 2ª série do ensino fundamental, na Escola municipal Juscelino Kubitscheh, em Manguinhos.

—Estou começando agora a estudar. Ainda estou um pouco atrapalhada, mas se Deus quiser, eu vou apreender. Eu quero ler a Bíblia, eu quero ler o louvor e, por enquanto não tem como. Resolvi ir à escola por causa disso. Pra pessoa que não sabe (ler) fica difícil. Fico com vergonha, porque chega na minha vez ( de ler a bíblia) e eu não sei ler. Aí o que eu fazia. Chamava uma irmã para ler pra mim e ia lendo junto com ela. Agora, assim que apreender, quero eu mesma ler para os irmãos — disse Marília.
Além disso, a diarista também planeja aproveitar a leitura para entrar num novo mundo. Ela quer ficar apta a escrever e ler mensagens nas redes sociais.
— Quero falar com parentes pelo celular, usando a internet . Atualmente não tem como. É muito difícil — disse a diarista.
Vanderson acompanhou a mãe até a escola, no primeiro dia de aula.
Mãe de quatro filhos, ela teve que abandonar os estudos para trabalhar, quando ainda era muito jovem.
Agora que voltou a estudar, Marília já decidiu irá completar o ensino fundamental. E que não vai parar por aí.
— Pretendo fazer uma faculdade, um curso de alguma coisa, informática por exemplo. Algo assim. Quero continuar estudando. Não vou desistir — afirmou.
Marília contou com a ajuda do filho, que a acompanhou até à escola, no seu primeiro dia de aula. Segundo ela, a classe que frequenta conta ainda com outras senhoras.
— Foi muito bom( o primeiro dia). Foi uma benção. A sala que eu estou tem mais senhoras. Gostei muito —completou.
A história de Vanderson e Marília repercutiu nas redes sociais após o rapaz, que trabalha como jovem aprendiz do Metrô Rio, postar no Facebook que havia incentivado a mãe a voltar a estudar.
Imediatamente, ele ganhou apoio de pessoas que ficaram comovidas com o caso.

Publicado originalmente no Extra

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.