Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Família não paga taxas porque acredita que a terra é de Deus

Caso aconteceu na Tasmânia, na Austrália, onde uma família não paga as taxas do conselho há sete anos.
A família Beerepoot, que vive na vila australiana de Chudleigh, no norte da Tasmânia, recusou-se a pagar durante sete anos as taxas do conselho, porque diz que esta terra pertence a Deus.
Ao todo são três as propriedades cujas taxas não têm sido pagas desde 2010: uma quinta, uma casa e uma pensão.
Para solucionar o problema, o governo local votou esta terça-feira a venda destas propriedades, de forma a recuperar as taxas que não foram pagas (mais de 10.000 euros).
Seria decepcionante seguir esse caminho, mas por outro lado eles têm que pagar as suas taxas. Se dissermos 'não, eles não têm [de pagar]', todos nós nos iríamos converter a algumas crenças cristãs ou outras crenças religiosas e iríamos reclamar que também não tínhamos que pagar", disse o presidente do conselho de Meander Valley, Craig Perkins, citado pelo The Guardian.
Após várias tentativas da parte do governo local para que a família cumpra com as obrigações, os Beerepoot defenderam o seu ponto de vista através de uma carta.
Acreditamos que Deus é soberano e que ele reina, assim o adoramos a Ele e a Ele somente, para que a sua vontade seja estabelecida na Terra. E vocês estão-nos a pedir para nos submetermos a um Deus falso, que é algo que não podemos fazer".
O governo local já apreendeu e vendeu um carro que pertencia à família. No entanto, refere que continuar a apreender bens menores não vai resolver o problema a longo prazo.

Publicado originalmente em TVI24

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.