Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Páscoa judaica inicia-se esta noite


Pessach (do hebraico פסח, que significa passar por cima ou passar por alto).
Começa esta noite a celebração da Festa da Páscoa, em que durante os próximos 7 dias os judeus de todo o mundo e muitos cristãos bíblicos estarão comemorando a grande libertação do jugo da escravidão no Egipto através da poderosa manifestação do juízo de Deus sobre o Faraó e seu povo, ao mesmo tempo que protegendo os israelitas através da marca do sangue nas ombreiras das portas das suas casas. A última refeição comida naquela condição teria de ser cordeiro assado, acompanhado de vinho e outros alimentos, como o pão não fermentado. Para os judeus, a refeição celebrada esta noite em família - o seder - lembrará toda a História da redenção do povo judeu, através da leitura de trechos da Bíblia intercalada com orações e recitações conjuntas - a "Hagaddah".


Para os cristãos, a festa é ainda de maior significado e amplitude, uma vez que o Messias Jesus celebrou a mesma com os Seus apóstolos, abrindo no entanto uma nova janela na História da redenção, ao prometer que derramaria o Seu sangue e entregaria o Seu santo corpo dentro de poucas horas, para pagar de uma vez por todas e para sempre o preço dos nossos pecados, fazendo com a Sua morte sacrificial e voluntária uma expiação perfeita e completa!
E tal como o sangue do cordeiro morto no Egipto seria o sinal da protecção do povo da aliança perante a ira do Senhor Deus, assim é também o precioso sangue do Messias Jesus - o Cordeiro de Deus - protegendo-nos da ira do Senhor e tirando dos nossos corações toda a mancha provocada pelo pecado, tornando-nos justificados diante de um Deus Santo. Tudo isso sem qualquer possibilidade de mérito da nossa parte, unicamente o d'Aquele que sendo justo, Se fez injusto por nossa causa.


A Páscoa é assim o nosso grito de liberdade. Através do sacrifício do Cordeiro de Deus - o Messias Jesus - no madeiro, podemos encontrar perdão completo e aceitação da parte de Deus! Tudo por Ele e através d'Ele, pois Ele - o Messias Jesus - é a nossa Páscoa, a nossa passagem da morte para a vida.
Ao celebrarmos esta Páscoa, não percamos o foco daquilo que realmente a torna festa e celebração: a morte expiatória do Messias, terminando de uma vez por todas com a maldição trazida pela Lei, e libertando-nos para uma nova vida, a vida do próprio Deus em nós, através do Seu Filho, Jesus, o Messias de Israel.

Publicado em Shalom Israel

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.