Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Henrique Meirelles ‘prega’ economia a evangélicos


O ministro da Fazenda disse em discurso que “fez algumas coisas básicas” para colocar a economia “em ordem”.
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), disse em discurso para fiéis da igreja evangélica Sara Nossa Terra, em Brasília, que “fez algumas coisas básicas” para colocar a economia “em ordem”. Ao subir ao palco, foi apresentado por Flávio Rocha, presidente do grupo Riachuelo, como o responsável pelo “maravilhoso milagre da economia brasileira”. Meirelles almeja ser candidato a presidente da República.
Sem citar o presidente Michel Temer, Meirelles afirmou que foi graças ao seu trabalho à frente da Fazenda que “saímos da maior crise da história do Brasil”, vivida entre 2015 e 2016, no governo da presidente cassada Dilma Rousseff. “O que fizemos foi começar a controlar as despesas, fixando, inclusive, regra de aumento de despesas, privilegiando aquilo que interessa, que é a população brasileira, que são vocês, que são os jovens. E fazendo reformas fundamentais, visando à modernização da economia brasileira”, disse.
Apesar da exposição, Meirelles reafirmou que decidirá se é candidato ao Planalto até o início de abril, quando ministros que vão disputar as eleições precisam deixar os cargos.
O evento desta sexta (5) foi o terceiro em que Meirelles participou em igrejas evangélicas. Em junho, esteve na comemoração dos 106 anos da Assembleia de Deus em Belém. No mês seguinte, foi a Juiz de Fora, em Minas, para novo encontro com membros da mesma igreja.
Nesta sexta, após o discurso, o ministro da Fazenda participou de uma oração e recebeu bênçãos dos fiéis pelo futuro do País. “A energia que senti quando entrei aqui é exatamente isso que o Brasil precisa agora, para que possamos levar o País na direção certa”, afirmou.

Publicado originalmente em Veja com informações do Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.