Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Quem frequenta cultos religiosos vive mais, diz estudo


Quem frequenta culto religioso pelo menos uma vez na semana tem risco de mortalidade 40% menor

Pesquisadores da Emory Rollins School de Saúde Pública recrutaram 18,3 mil norte-americanos na faixa dos 50 anos para participar de um estudo sobre o impacto da religião nos índices de mortalidade. Os estudos foram realizados por 10 anos, entre 2004 e 2014.
Os resultados, revelados em dezembro de 2017, demonstram que, quem frequentou cultos religiosos pelo menos uma vez na semana, possuía um risco de mortalidade inferior a 40%, em detrimento àqueles que não haviam participado das cerimônias.
Os dados ainda mostram que os frequentadores mais assíduos tinham menos chance de fumar ou ingerir bebidas alcoólicas, e eram mais propensos a agendar consultas médicas e fazer atividade física.
De acordo com os pesquisadores, o tipo de crença não altera os resultados.
“A religiosidade ativa é uma marca que caracteriza uma população que há menor risco de morte, em virtude de diversos fatores de proteção, como melhor estilo de vida e maior propensão a relações sociais”, explicou Raffaele Antonelli, professor de Medicina pela Universidade de Roma.
“O espírito religioso se associa, geralmente, a uma atitude mental positiva, que ‘protege’ de doenças. Por isso, a religiosidade protege de depressão, consequentemente associada a outras doenças e até a morte”, disse o médico.

Publicado originalmente em Exame

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.