Header Ads

ATUALIZADAS
recent

Após ficar 500 anos perdida, Bíblia retorna à catedral no Reino Unido

O exemplar da Bíblia que foi reencontrado
Produzido no século 13, o exemplar do livro sagrado para os cristãos sumiu da Catedral de Canterbury após o início da Reforma Anglicana
Após 500 anos, um exemplar da Bíblia produzido no século 13 retornará à Catedral de Canterbury (também conhecida como Catedral da Cantuária em português), localizada no condado britânico de Kent. O livro sagrado da religião cristã foi perdido após o início da Reforma Anglicana, quando o rei inglês Henrique 8º rompeu os laços religiosos do país com a Igreja Católica.
De tamanho de bolso, o exemplar foi encontrado na cidade de Londres junto de um acervo de livros raros e antigos. A Catedral desembolsou cerca de 100 mil libras (o equivalente a R$ 484 mil) para reaver o item — o dinheiro foi obtido a partir de doações e da colaboração do Fundo Nacional de Herança Histórica.
Conhecida como Bíbilia Lyghifield — nome do monge que foi um de seus donos — o livro provavelmente foi produzido em Paris. Escrito em latim, possui diferentes ilustrações desenhadas no pergaminho, que tem textura semelhante a um tecido. De acordo com os responsáveis pela Catedral de Canterbury, esse é o único exemplar medieval completo da Bíblia que compõe o acervo da igreja.
O motivo para o sumiço do livro tem a ver com questões históricas e políticas: em 1534, a Igreja da Inglaterra rompeu com a Igreja Católica Apostólica Romana após o rei Henrique 8º anular seu casamento com a rainha Catarina de Aragão. Em 1527, o Papa Clemente 7º havia negado o pedido da separação, motivando a rebelião do monarca britânico.
Os mosteiros e catedrais católicas foram fechados, incluindo a Catedral de Canterbury. Padres e autoridades do clero levaram muitos dos itens religiosos que pertenciam a esses locais. Posteriormente, Canterbury se tornou a igreja-mãe do anglicanismo e seu arcebispo é considerado o líder religioso da Igreja da Inglaterra.

Henrique VIII, líder da Reforma Anglicana
Na esteira dos acontecimentos da Reforma Protestante que abalavam a Europa do século 16, nobres ingleses se dividiram no apoio à nova igreja. Monarcas que professavam a tradição católica se revezaram com reis anglicanos até 1688, quando Jaime 2º foi deposto do poder e se tornou o último católico a ocupar o trono.

Nenhum comentário:

Fico muito feliz pelo seu interesse em comentar esta notícia.

Lembro que a legislação brasileira prevê a possibilidade de responsabilização do blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários.

Sendo assim, me reservo o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.

Enfim, gostaria de lhe pedir a gentileza de se identificar com seu nome e e-mail.

Obrigado.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.