Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Paquistão absolve cristã condenada à morte por blasfêmia em 2010


Caso provocou violência e dois assassinatos no país; Asia Bibi era acusada de fazer comentários ofensivos sobre o profeta Maomé durante uma discussão

A Suprema Corte do Paquistão absolveu nesta quarta-feira Asia Bibi, uma mulher cristã que havia sido condenada à morte em 2010 por blasfêmia. O caso provocou indignação no exterior e violência no país.

“Foi absolvida de todas as acusações”, declarou o juiz Saqib Nisar ao ler o veredicto na Suprema Corte. Asia, que está presa em uma penitenciária de Multan, será libertada imediatamente, completou o magistrado.

Bibi, mãe de cinco filhos, foi denunciada em 2009 por algumas mulheres que disseram que ela insultou o profeta Maomé durante uma discussão em Punjab e foi condenada à morte em 2010 por blasfêmia.

A cristã perdeu o recurso apresentado à Suprema Corte de Lahore, capital de Punjab, em 2014. No ano seguinte, o Supremo paralisou a execução após concordar em estudar sua apelação.

Publicado originalmente em Veja
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.