Header Ads



ATUALIZADAS
recent

Policial morre tentando desativar uma bomba perto de uma igreja cristã no Egito


Um policial morreu enquanto tentava desativar uma bomba perto de uma igreja cristã neste sábado no Cairo, Egito.  Além da vítima fatal, outros dois agentes e um pedestre ficaram feridos.

O explosivo foi encontrado dentro de uma mala no telhado de uma casa, perto do templo cristão no distrito de Ezzbet El-Hagana, na zona oeste do Cairo.

O ataque ocorreu apenas dois dias antes da celebração do Natal, que na Igreja Copta Ortodoxa é comemorado no dia 7 de janeiro.

A data da comemoração do Natal se deve ao fato de que eles continuam usando o calendário juliano, enquanto no Ocidente é usado o calendário gregoriano, estabelecido pelo papa Gregório XIII em 1582.

Até agora nenhum grupo terrorista reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

No Egito, os cristãos coptas, entre católicos e ortodoxos, representam cerca de 10% da população e já denunciaram várias vezes que sofrem discriminação e têm sido vítimas de diversos atentados, especialmente pelos extremistas muçulmanos.

No início de novembro de 2018, sete cristãos coptas foram assassinados no Egito enquanto peregrinavam ao mosteiro de São Samuel, o Confessor.

Em dezembro de 2016, o grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS) matou 25 pessoas e feriu outras 50 com um carro-bomba na Catedral Copta de São Marcos, no Cairo.

Publicado originalmente em ACI Digital
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.